Ilhan Omar, primeira congressista norte-americana nascida na Somália

A representante eleita pelo quinto distrito do Estado de Minessota é também a primeira refugiada a acessar a câmara baixa e veio em nome do Partido Democrata.

As eleições parlamentares na última terça-feira nos Estados Unidos, resultaram em várias surpresas entre os vencedores. Duas mulheres representando os povos indígenas, membros do coletivo LGBTQ, o representante mais jovem e também a primeira somali a acessar uma banca do Congresso.

Ilhan Omar, 37, venceu no quinto distrito do Estado de Minnesota por uma diferença de quase 50% contra sua oponente republicana, Jennifer Zielinski. Em um contexto social polarizado em questões raciais e migratórias, a vitória de Omar também se destaca por ela ser a primeira refugiada a acessar um cargo eletivo no Congresso Nacional.

A representante eleita pelo Partido Democrata ganhou seu assento com as propostas da ala mais liberal da política americana: ajuda para imigrantes e refugiados; seguro médico gratuito; empréstimos para acesso ao ensino superior; promoção dos direitos humanos.

Omar nasceu em 4 de outubro de 1981 na cidade de Mogadíscio, capital da Somália, embora tenha sido criada em Baydhabo. Seu pai, professor, criou-a com seus seis irmãos até 1991, quando começou uma guerra civil no país que a forçou a viver quatro anos em um campo de refugiados no vizinho Quênia. Depois disso, eles chegaram aos Estados Unidos onde se estabeleceram primeiro na Virgínia e depois no estado de Minnesota.

Omar é formada em Ciências Políticas e Estudos Internacionais pela Universidade do Estado de Dakota do Norte e trabalhou, durante sua curta carreira pública, como assessora de vários líderes estaduais do Partido. Na eleição geral de 2016, ela foi eleita para a Câmara dos Representantes do Estado de Minnesota, que a tornou a primeira legisladora somali nos Estados Unidos.

Na última terça-feira, ela derrotou Jennifer Zielinski, do Partido Republicano, para representar o quinto distrito de Minnesota, na câmara baixa do Congresso Nacional. A primeira governadora indígena, Paulette Jordan, também foi eleita no estado de Idaho; Rashida Tlaib, filha de refugiados palestinos, representará o 13º distrito de Detroit; Deb Haaland e Sharice Davis, primeiras representantes dos povos indígenas, e Alexandria Ocasio-Cortez, a representante mais jovem da história do país, aos 29 anos.

Be the first to comment on "Ilhan Omar, primeira congressista norte-americana nascida na Somália"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


www.000webhost.com